Notícias

"Estar envolvida no projeto é um incentivo para que eu volte a estudar"

15/06/2018


Histórias de Transformação: Maria Lourdes de Oliveira, merendeira e voluntária na Escola República do Panamá (Cajamar/SP)

A merendeira Maria Lourdes de Oliveira, de 42 anos, é um exemplo de transformação. Ela participa ativamente das comissões mistas da Comunidade de Aprendizagem na Escola República do Panamá, em Cajamar, São Paulo.

Apesar de, na época, o projeto ainda estar no início na escola em que trabalha, Lourdes conta que já sentia algumas mudanças de comportamento acontecendo: “Era comum os pais conhecerem a escola apenas da porta para fora. Agora já notamos mais envolvimento e até interesse desses pais em se tornar voluntários. Eles já se sentem responsáveis pelo que se passa da porta para dentro.”

O projeto chegou em 2015 em Cajamar, porém já era possível notar o envolvimento da comunidade que passou a se responsabilizar por tudo o que tem acontecido na escola. E essa transformação aconteceu inclusive na vida da própria Lourdes, que no passado havia começado a estudar Pedagogia, mas teve que abandonar o curso. “Estar envolvida no projeto é um incentivo para que eu volte a estudar. Quero muito me formar pedagoga”, diz.

 


Esta é uma das histórias de transformação vividas por escolas, personagens que fazem parte da rede Comunidade de Aprendizagem. 

Você conhece alguma história assim? Conte pra gente aqui!

Quer conhecer outras histórias? Clique e acesse a publicação completa!

 

Leia também: Em Comunidade de Aprendizagem educar é um ato coletivo

Deixe seu comentário