Logotipo Comunidade de Aprendizagem Logotipo Instituto Natura

Você sabe o que é uma Comunidade de Aprendizagem?

Assista ao vídeo e descubra Já conheço e desejo continuar

Você sabe o que é uma Comunidade de Aprendizagem?

Já conheço e desejo continuar Quero fazer parte
Ir para o conteúdo principal

Notícias

03/11/2014

Eventos 2014 Transformação de escolas

EE Salvador Moya e a realização de um sonho

“Esperamos que um dia a Salvador Moya possa ser uma escola aberta, sem muros, sem grades. É com essa ideia que estamos trabalhando”, afirmou o professor Márcio Vidal Marinho ao inaugurar a “Apresentação Cultural”, evento realizado na Escola Estadual Salvador Moya na última quinta-feira, 30 de outubro.

EE Salvador Moya e a realização de um sonho

  

O evento representou a realização de um dos sonhos da escola, que iniciou sua transformação em Comunidade de Aprendizagem em fevereiro deste ano. Com o tema “Somos todos iguais: contra o bullying e o preconceito”, foi organizado pela Comissão Mista de Cultura da escola; cerca de 15 alunos participaram da organização.

A programação incluiu uma recepção a alunos da EE Miguel Roque, que ingressarão na Salvador Moya em 2015, e apresentações de música, dança e teatro feitas por alunos e ex alunos. Para encerrar, foi encenada a peça “Um Rap para Teodora”, do grupo Teatro Ressurreição, espetáculo que utiliza a linguagem do movimento hip-hop para apresentar ao público uma das mais importantes obras da literatura de cordel.

  

Os alunos demonstraram seus talentos em apresentações que passearam pelos mais variados estilos musicais: rock, samba, hip-hop, funk, eletrônico. O tema da decoração foi o dia das Bruxas, e muitos dos presentes estavam fantasiados, usando a criatividade para confeccionar roupas e maquiagens.

  

“Neste dia, as pessoas se reúnem contra o preconceito e para mostrar algum talento que têm. É bem legal, acho muito importante que as pessoas mostrem o que têm dentro delas, se expressem. Se esse clima harmonioso que está aqui hoje continuar, acho que a escola vai seguir bem até o final do ano e nos próximos”, afirmou Alan Augusto Carvalho de Oliveira, 14 anos, aluno do 7o ano do EF. Sua colega Daniela Fagundes Dias, 13, completou animada: “Isto é muito bom, porque cada um mostra do que gosta, faz o que quer fazer. Eu vou participar de uma peça de teatro sobre as diferenças, contra o bullying e o preconceito.”

   

A festa foi aberta a todos, e contou com grande presença de alunos, pais, pessoas da comunidade, professores e funcionários da escola, que estavam felizes e emocionados. Em publicação no perfil de Facebook da escola, a diretora Luciana Sousa declarou: “Hoje me sinto muito feliz, por ter participado da realização de um dos muitos sonhos da Comunidade Aprendizagem EE Salvador Moya, onde batalhamos contra toda incredulidade, indiferença de alguns, porém com a garra e força de outros que acreditam assim como eu, na educação como forma de mudar a nossa realidade. Demos mais um passo para a mudança em busca de uma educação de qualidade com melhores resultados e igualdade! Obrigada Comissão de Cultura e a todos que colaboraram nas apresentações, lanches, organização, segurança, limpeza a fim de garantir o sorriso de cada criança da comunidade e da EE Miguel Roque que esteve presente na Salvador Moya hoje. Somos todos iguais! Evento nota mil!!!”

Parabéns a EE Salvador Moya! E que os sonhos da comunidade escolar continuem virando realidade. 

Texto e fotos por Maria Julia Bottai

No fim de maio cursos a distância! Fique de olho!