Notícias

Uma escola como Comunidade de Aprendizagem: o processo de transformação

20/04/2018

Uma escola como Comunidade de Aprendizagem: o processo de transformação

A Escola N° 1 “Domingo Faustino Sarmiento”, na província de Buenos Aires (Argentina), iniciou seu processo de transformação em fevereiro de 2017, quando conheceu uma proposta nova que ia além do pedagógico. Depois da sensibilização e a partir da tomada de decisão, começaram a vivenciar uma mobilização desde a escola até a comunidade e vice-versa.

Os docentes relatam que a partir da jornada dos sonhos foi vivenciada uma transformação social e cultural na escola, que passou a ser uma instituição aberta. A comunidade começou a unir-se com um objetivo comum: a melhoria da aprendizagem de todos os alunos. Para isso, começaram a trabalhar na implementação de diferentes Atuações Educativas de Êxito.

Em um processo contínuo e de transformação, os docentes começaram a apropriar-se das atuações, participando de formações e reuniões semanais com referências diversas. Em pouco tempo, todos os docentes começaram a implementar Tertúlias Dialógicas Literárias e Grupos Interativos com uma frequência definida. A ajuda da Natura Cosméticos foi fundamental, já que a empresa doou à escola 760 livros de literatura clássica.

Os relatos dos membros da comunidade da Escola N°1 são um reflexo fiel do processo de transformação vivenciado. Por sua parte, um diretor da instituição afirma: “Vejo uma maior unidade entre as docentes. Sendo uma comunidade de aprendizagem, conseguimos que toda a equipe de nossa escola funcionasse de forma harmoniosa, conectada e orientada a um mesmo objetivo: melhorar as aprendizagens dos alunos”.

Uma docente, referindo-se às Tertúlias Dialógicas Literárias, reforça que “além de ser uma prática na qual se fortalece a expressão dos alunos e de nós mesmos, é um espaço onde a magia acontece a partir da leitura da Literatura Clássica Universal”.

Expressando seu gosto pelas tertúlias, um aluna destaca: “Eu adoro, porque é o momento no qual posso falar o que penso e meus colegas compartilham sentimentos, medos e sensações”.

Por sua vez, outra docente da escola conta que "os Grupos Interativos recriam um espaço onde, de forma natural, os meninos e pais divertem-se ao relacionar-se e ajudar-se mutuamente”.

“Estou feliz por tudo o que foi conquistado durante este tempo, desde a comissão, e de sentir que faço parte de um crescimento que não é só para um, mas para todos”, expressa um dos pais que participam da Comissão Mista.

Depois de um intenso processo de transformação, a Escola N°1 é uma “Comunidade de Aprendizagem” e todos os seus integrantes são sonhadores comprometidos com uma educação de maior qualidade para todos os seus alunos. A comunidade da escola recebe o novo ano com o desejo de continuar consolidando ainda mais os vínculos.

Deixe seu comentário